Cotidiano

Intolerância Religiosa é tema de reunião pública em Araraquara

Nesta quinta-feira, 31 de janeiro, será realizada uma reunião aberta sobre intolerância reliosa, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade

intolerancia-religiosa-araraquara

Foto: Geledés

Para marcar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa – 21 de janeiro -, a Prefeitura realiza nesta quinta-feira (31), das 19h às 22h, na Biblioteca Municipal Mário de Andrade, em Araraquara, uma reunião pública de construção da agenda municipal de defesa dos direitos das religiões de matriz africana e afro-brasileira.

Realizada pela Coordenadoria Executiva de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e Centro de Referência Afro “Mestre Jorge” (órgãos ligados à Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular), em parceria com o Comcedir (Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo), a plenária será voltada a pessoas ligadas direta ou indiretamente com religiões de matriz africana e afro-brasileira, e à população em geral.

Segundo o coordenador do Centro Afro “Mestre Jorge”, Luiz Fernando Andrade, datas como o 21 de janeiro são úteis porque possibilitam a defesa não exclusiva de determinada religião, mas o diálogo e a promoção de entendimentos que se amparem no respeito e no reconhecimento.

LEIA TAMBÉM
+ Empresária empodera crianças com a fabricação de bonecas negras
+ Creed 2 e Eu Sou Mais Eu estreiam nos cinemas de Araraquara!
+ Estudantes de Araraquara discutem intolerância religiosa em documentário sobre a Umbanda

“A fé se refere à liberdade de crença de cada pessoa, mas religião organiza coletividades. E se houver pessoas que sofrem discriminação e preconceito por conta de sua religião é um dever cidadão propiciar momentos de reflexão, que visem combater todas as formas de intolerância”, destaca Luiz Fernando.

intolerancia-religiosa-araraquara

Foto: Blog Umbanda EAD

Ainda de acordo com o coordenador do Centro Afro, a plenária na Biblioteca Municipal também irá debater as diretrizes de 2019 do Plano Municipal de Combate ao Racismo.

As informações são da assessoria da Prefeitura.

Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *