Cultura

Não deixe o Museu do Boneco morrer!

O museu está com dificuldades para se manter por causa da baixa arrecadação

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Depois de nove anos da sua fundação, o Museu Espaço do Boneco pede ajuda para manter vivo um dos únicos museus do Brasil dedicado ao teatro de bonecos.

No espaço estão em exposição 70 bonecos que já foram usados em apresentações da Cia. Polichelo. Tudo feito à mão!

Além da exposição, ainda rolam apresentações de várias peças ao longo do mês. Mas, por causa da baixa arrecadação, o local precisa de contribuições para continuar funcionando.

Por isso, uma vaquinha foi criada para quem quiser contribuir com o projeto.

Conversamos com Márcio Pontes, ator e diretor, e Danilo Baldassari, ator e coordenador do local.

Os dois são responsáveis pelo museu e falaram o que farão com o dinheiro arrecado.

A ideia é deixar gratuita a programação cultural.

Vem ver como eles querem fazer isso. Mas, se já quiser ajudar pode acessar a vaquinha por aqui.

Quando foi criada a vaquinha? E até quando ela estará disponível?
Márcio: A campanha de arrecadação de fundos foi criada no início deste ano com a finalidade de arrecadar fundos para o Museu Espaço do Boneco.
O projeto, que em 2019 completa nove anos de atuação, tem sido mantido com recursos próprios da Cia Polichinelo de Teatro de Bonecos que se esmera por mantê-lo em atividade e com uma programação de qualidade a custos acessíveis à população.
No entanto, todo esse esforço não tem conseguido manter a continuidade do Espaço, já que o país passa por mudanças econômicas que afetam tanto ao público, quanto à área da cultura.
Assim, a Cia vê nessa campanha uma forma de apoio da sociedade para juntos, manterem esse importante projeto sócio cultural.

Danilo: A nossa “vaquinha” não tem “prazo de validade”.
Na verdade, essa campanha foi elaborada visando metas de arrecadação que ao mesmo tempo que possibilita que o Museu mantenha suas atividades já habituais, ainda amplie suas ações para fora do seu prédio, levando mais arte para a sociedade, num engajamento ainda maior no tocante à acessibilidade da cultura.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Qual o objetivo da vaquinha? Por que criaram e qual o valor esperado para arrecadação?
Márcio: O objetivo da “vaquinha” é arrecadar fundos para que, em primeiro lugar, o museu possa continuar ativo e com uma programação acessível, como já é habitual.
No entanto, as metas criadas e que expomos mais detalhadamente abaixo, nos permitem da contratação de mais profissionais para auxiliar-nos para até mesmo a total gratuidade dos serviços do Museu a toda a comunidade, ou seja, por conta do aporte da sociedade, o Museu passa a não cobrar mais ingressos.
Danilo: O valor esperado para a arrecadação, lembrando que a “vaquinha” funciona como uma assinatura mensal, ou seja, nossos apoiadores mensalmente podendo doar os valores desde R$ 10,00 até valores maiores.
Claro que também buscamos empresas dispostas a realizar este trabalho em parceria e estamos abertos ao diálogo com quaisquer empresas que desejam criar este laço com a cultura de nossa cidade.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

O que será feito com o dinheiro arrecadado?
Márcio: Ele será investido integralmente no Espaço, tanto na manutenção de prédio até mesmo na contratação de outros artistas e profissionais da área para contemplarem sua programação, ampliando-a.
O Museu não é um projeto que visa lucro, ou seja, o que é arrecadado, até hoje é aplicado na sua continuidade e aprimoramento.
Essa campanha é composta de metas que tentamos atingir e, com elas criarmos mais ações.

Danilo:
Meta de R$ 5.000,00

Como primeira meta, realizaremos a manutenção do Museu em função às reformas já feitas, assim como realizar os reparos necessários em nosso miniteatro garantindo a continuidade do museu como centro cultural de valor único.
E raro, aberto à população bem como a de sua programação de atividades, gerando condições para ampliação e valorização os eventos produzidos no local.
A ideia é incentivar a população para a vivência cultural de qualidade de forma acessível. Ao atingir esta meta, iniciaremos nosso projeto de levar apresentações de teatro infantil de bonecos em locais públicos, escolas ou qualquer local que nossos amigos indiquem através de uma enquete, neste momento, 1 (uma) apresentação mensal.

Meta de R$ 10.000,00:

Em um segundo momento, ao alcançar esta meta, realizaríamos um upgrade e a manutenção necessária em nosso miniteatro adquirindo novos equipamentos de luz, som, acervo e acentos. Difundindo, cada vez mais, as diferentes formas de expressão cultural, principalmente a do teatro de animação.
E também a formação e consolidação de um público apto a apreciá-las e utilizá-las para ações pessoais ou profissionais Ao atingir esta meta, daremos prosseguimento ao nosso projeto e levaremos apresentações de teatro infantil de bonecos em locais públicos, escolas ou qualquer local que nossos amigos indiquem através de uma enquete, mas neste momento, 2 (duas) apresentações mensais.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Meta de R$ 15.000,00:

Neste terceiro momento buscaremos expandir nosso quadro de funcionários para um melhor atendimento ao público, garantindo assim a melhor experiência possível em relação as visitas em nosso acervo e também uma melhor acessibilidade aos nossos espetáculos.
Assegurando o acesso à história do teatro de animação, estimulando sua valorização, como também a de uma companhia reconhecida e totalmente engajada em seu trabalho fortalecendo o museu como um centro cultural no interior paulista.
Ao atingir esta meta, continuando nosso projeto, levaremos apresentações de teatro infantil de bonecos em locais públicos, escolas ou qualquer local que nossos amigos indiquem através de uma enquete, porém, neste momento, 3 (três) apresentações mensais.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Meta de R$ 20.000,00:

Com a ideia de apresentar os espetáculos da companhia de forma gratuita para o público em geral e principalmente para pessoas carentes, buscamos cumprir a meta maior para tornar nosso sonho uma realidade.

Colaborar para o desenvolvimento da cultura no interior, estimular novas produções no gênero, garantir a difusão e a história de uma arte rica e artesanal e também instigar a continuidade da prática do teatro de animação, colaborando para maior valorização desta linguagem artística solidificando o museu como um centro cultural de bem comum, na aquisição de um prédio próprio e na ampliação de suas instalações.

Ao atingir esta meta do nosso projeto, as peças de teatro infantil de bonecos serão apresentadas em locais públicos, escolas ou qualquer local que nossos amigos indiquem através de uma enquete, 4 (quatro) apresentações mensais.

Ou seja, nas metas iniciais e na meta final, compreendemos que o Museu vai se tornando um espaço “publico” e gratuito a toda a comunidade. Poderemos sempre manter a qualidade das nossas apresentações, ampliar o publico e inclusive fazer com que a população carente tenha maior acesso à cultura.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Existe o risco de o museu fechar, caso não arrecade o dinheiro?
Márcio: Muito embora tenhamos dedicado grande parte dos recursos da Cia Polichinelo neste projeto, ele não conseguirá seguir sua trajetória de importância sem outros apoios que se somem à estes.
Então, existe essa possibilidade sim.

Danilo: Hoje o museu , por meio da venda dos ingressos consegue arrecadar cerca de 30% do valor necessário à sua manutenção. No entanto, a Cia sempre busca a acessibilidade, então, mantém os ingressos com valores menores mesmo ante à sua demanda por mais recursos.
Em termos mais práticos, em uma previsão básica de 40 pessoas por espetáculo, sendo 4 espetáculos mensais com o ingresso a R$ 10,00, temos um orçamento de R$ 1.600,00 por mês para o pagamento de funcionários (hoje somos 3 pessoas trabalhando no Museu de forma fixa mais os eventuais, que são 2 pessoas, para manter as apresentações e as aulas de teatro), o que de fato é menor do que o valor ideal.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Uma das características do museu é levar arte e cultura a preços populares para o público.
Você acha que se o valor do ingresso fosse mais alto, vocês não teriam essa dificuldade em fechar as contas?
Ou falta, talvez, participação da população em comparecer aos espetáculos?

Márcio: O Museu é um projeto Sócio cultural que sempre teve como objetivo ser de fácil acesso.
Ele é resultado do engajamento e comprometimento cultural da Cia. Polichinelo porque ela vê neste projeto um pólo de informação e formação artístico cultural.
Aumentar o valor dos ingressos seria ao mesmo tempo limitar o público, e a nossa missão é exatamente o inverso.
Como exemplo de como conseguiríamos atender mais pessoas, podemos citar a apresentação que fizemos aqui, com o aporte da Secretaria de Cultura de Araraquara e a FUNDART que nos possibilitou realizarmos uma sessão de teatro com entrada franca.
Neste único dia tivemos um público de 80 pessoas (mais do que a capacidade do local), e muita gente não conseguiu ingressos.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

O Museu conta com quantos bonecos?
Danilo: Hoje o acervo está um pouco reduzido por conta das adaptações que fizemos em relação ao tamanho do espaço que tínhamos.
Mas, ainda conseguimos manter a média 70 bonecos, o que é uma média relativamente grande para o espaço.
As visitações ao acervo são gratuitas.

Como você vê a importância deste espaço não só para Araraquara, como para o país? Aliás, existem outros museus como este pelo Brasil?
Danilo: O Museu é de extrema importância, tanto para o cenário cultural municipal quanto para o cenário estadual e nacional.
No Brasil, possuímos poucos espaços dedicados ao teatro de bonecos, aproximadamente 4 museus de bonecos estão ativos, sendo eles: “O Museu do Mamulengo”, na cidade patrimônio da humanidade, Olinda/PE, “O Museu Giramundo”, Belo Horizonte/MG que hoje passa por uma restauração e será reaberto em 2020, o “Museu do Boneco Animado”, São José dos Pinhais/PR e o “Museu Espaço do Boneco”, em Araraquara/SP.
O que nos difere dos outros é que em nosso espaço não existe apenas a exposição dos bonecos, o que já é de grande valia para a cultura local/nacional, mas no Museu Espaço do Boneco, temos também o fortalecimento cultural, ou seja, buscamos desta forma oferecer cursos, oficinas e uma gama de serviços para toda a comunidade, além claro, das apresentações semanais, o Museu Espaço do Boneco vai além da visitação e transforma o local em um ponto cultural na cidade de Araraquara.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

E qual a história do museu? Quando ele foi criado e por que?
Márcio: Como mencionamos, o Museu Espaço do Boneco foi criado pela Cia. Polichinelo em 2010, um pouco depois de ter completado 10 anos de atividade (a Cia Foi fundada em 1997). Ele advém da maturidade da Cia em entender a importância da arte para a sociedade.
O local então, não só preserva a memória desta importante companhia, mas também cria essa proximidade entre a sociedade e arte, mais especificamente, o do teatro de animação, valorizando-o e ao mesmo tempo fortalecendo-o como um segmento possível dentro das artes cênicas.
Enquanto se fortalecia na cidade, o espaço se tornou um projeto Sócio – cultural, pois por meio de suas ações atende a toda uma gama de cidades e pessoas com atividades culturais de baixíssimo custo visando mais uma vez popularizar o teatro e fomentar o público para esta atividades.

O que o museu significa para você?
Márcio: Significa uma maneira de colaborar para uma sociedade melhor por meio da arte, dando um valor extremado para a nossa função como artistas.
Significa militar por algo que fala de sensibilidade e reflexão em meio à tantos individualismos.
Significa nos aproximarmos pelo que há de mais humano em nós – nossos sentimentos.
Significa por fim, dialogarmos com o público sobre a vida, transformando-nos e transformando a todos por conta de toda essa experiência lúdica, sensível e crítica que só a arte possui.

museu espaço do boneco em araraquara

Foto: Lorena Turini/Facebook Museu Espaço do Boneco

Danilo: Dar um significado para o Museu seria difícil pois ele não é um projeto pessoal, é um projeto que pretendemos perpetuar pelos anos e anos que pudermos.
Sua manutenção é algo sem valor mensurável e pensar que isso tudo possa se perder um dia é algo que me entristece muito.
Desde a algum tempo eu vinha olhando com mais carinho o trabalho e de repente fui convidado a participar deste projeto tão maravilhoso.
Ao ver muitas vezes as crianças entrarem aqui para assistir nossas apresentações e saírem maravilhadas com o que viram, tenho um sentimento de missão cumprida em relação ao meu projeto de vida, que é levar a cultura além dos nossos limites a quem muitas vezes não possui nenhum poder aquisitivo (pessoas carentes e/ou crianças que vivem em orfanatos).
Então nós, do Museu Espaço do Boneco já destinamos uma porcentagem da nossa bilheteria às estas instituições que vez ou outra entram em contato conosco para trazer as crianças.
Então, reforço que é complicado dar um significado pessoal ao Museu Espaço do Boneco, pois, ele tem um significado plural, um símbolo de Cultura, Resistência, Beleza e Humanidade.

LEIA MAIS:
+ Feira de Livros segue no Shopping Jaraguá
+MPB4 faz show no Sesc de Araraquara
+Moradora de Araraquara reutiliza latas e copos para plantar

Serviço:
Museu Espaço do Boneco: Avenida Feijó, 794
Telefone: (16) 3397-8406
Facebook: https://www.facebook.com/pg/museudoboneco

Para colaborar, acesse: https://www.catarse.me/amigosdomuseu?fbclid=IwAR2sLxDs_OzpOyiJZ43bZSUiuyN5NLSzU4TZ9jAdLbitlth8669-iBpoSM4



Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *