Cultura

Alunas de Araraquara constroem o próprio rolimã e ficam em 1º lugar em competição!

A competição foi realizada nesta quarta-feira, 20 de novembro

ifsp araraquara

Ashley Spencer, Carolina de Ponte, Emanuely Zanetoni, Maria Alice Galio e Martha Gonçalves venceram a competição nesta quarta (20)

Esta quarta-feira 20 de novembro, foi ainda mais especial para cinco alunas de Engenharia Mecânica do IFSP de Araraquara.

Ashley Spencer, Carolina de Ponte, Emanuely Zanetoni, Maria Alice Galio e Martha Gonçalves construíram o próprio carrinho de rolimã para participarem da 3° corrida de rolimã IFSP Araraquara, realizada neste feriado.

E o resultado de tanto trabalho? O melhor!

Entre todas as equipes, foram as estudantes que ficaram em primeiro lugar na competição e mostraram o que muita gente ainda não sabe – lugar de mulher, é onde ela quiser!

Nossa equipe conversou com elas, que falaram não só sobre a vitória no campeonato, como também a luta contra o machismo!

“Sensação de dever comprido”.

Confira:

ifsp araraquara

Foto: Divulgação

O grupo de vocês é formado só mulheres, certo?

Sim, apenas meninas. O intuito de termos feito o grupo só de meninas era realmente mostrar que também somos capazes de desenvolver esse tipo de projeto, independente do nosso gênero.

Quais os nomes das participantes?

Ashley Spencer, Carolina de Ponte, Emanuely Zanetoni, Maria Alice Galio e Martha Gonçalves.

Todas são alunas de Engenharia Mecânica da IFSP de Araraquara? Qual ano?

Sim, todas são alunas da Engenharia, temos integrantes do 2° e 3° ano.

A competição que vocês participaram era feminino ou tinham homens participando?

A competição é aberta para todos os gêneros, a opção de montar um grupo só de meninas foi opção nossa.

ifsp araraquara

Foto: Divulgação

E como funcionou a competição? Os participantes tinham que construir o carrinho e correr?

A competição aconteceu no dia 20 de novembro de 2019, os competidores foram apostando corridas em grupos de duas ou três equipes, e o carrinho que ganhasse a corrida, passava para a próxima classificação, até chegar nas disputas de quartas de finais. Sim, os participantes tinham de projetar, construir e correr com o carrinho no dia da competição.

É a primeira vez que vocês participam?

Não, este ano já é o segundo ano de participação no torneio de rolimã. Entretanto é a primeira vez como equipe exclusivamente feminina.

É uma competição organizada pela IFSP, correto? Onde ela foi realizada?

Sim, é uma organização do IFSP Araraquara, foi realizada em frente a subestação da CPFL, onde a rua foi fechada e organizada a competição.

Quantas mulheres têm na sala de vocês? E já passaram por algum machismo durante o curso? Qual?

No curso em geral temos poucas mulheres, no segundo ano temos cerca de 13 meninas e no terceiro ano 3 meninas, apenas. Sim, já passamos por inúmeras situações em que o machismo foi presente, mas aos poucos estamos mostrando que também temos capacidade em desenvolver esses projetos com êxito.

Qual a sensação de vencer a competição e esse mundo tão machista?

Resumiríamos como empoderamento feminino, saber que também somos capazes de desenvolver projetos e ainda conquistar o pódio é gratificante. Com isso temos tido um grande reconhecimento por parte de professores, amigos e familiares, o que nos deixa ainda mais contentes. Sensação de dever comprido.

LEIA TAMBÉM

+ Projeto de aluna resulta na economia de água e energia no banho

+ Alunas de nutrição de Araraquara indicam receitas saudáveis para a Páscoa

+ Ex-aluna de Araraquara é um dos destaques no programa Pequenas Empresas Grandes Negócios

+ 42 mulheres de Araraquara se formaram em curso sobre direitos e enfrentamento à violência

+ Estudantes de Araraquara discutem intolerância religiosa em documentário sobre a Umbanda



Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *