Cultura

Moradora de Araraquara transforma muro em “lousa aberta” para grafiteiros da cidade!

Andrea Tarcinalli abriu as portas da sua casa para grafiteiros usarem o muro do seu quintal

Foto: Acervo pessoal

Grande admiradora das artes, sobretudo do grafite, a moradora de Araraquara, Andrea Tarcinalli resolveu abrir as portas do seu quintal para artistas da cidade.

Ela, que tem muro de 6 metros de altura e tem 9 metros de largura em branco, está cedendo o espaço para grafiteiros que desejam dar aulas ou cursos, mas não tenham o espaço.

“Desde que me mudei pra cá pela primeira vez (porque já saí e estou voltando), achava um desperdício ver um paredão desse tamanho abandonado no fundo de um quintal. Ao retornar aqui depois de 4 anos (e foi nesse tempo que me apaixonei pela arte de rua), comecei a pensar que ele ficaria lindo todo grafitado. Eu poderia simplesmente contratar um artista e ‘comprar’ uma arte ‘só pra mim’. Porém, como tenho na veia essa questão do coletivo e do compartilhamento, resolvi pensar numa maneira de contribuir de maneira positiva em troca de ver meu muro colorido (seria mais justo). Foi aí que resolvi divulgar a ideia de um curso/oficina que é uma forma de multiplicar. E como o muro fica no fundo, autorizo a divulgação da imagem de antemão ao(s) artista(s) que abraçar(em) a ideia comigo.”

Dessa forma, o ou a artista da cidade que tiver interesse em utilizar o espaço, basta entrar em contato com Andréa pelo whatsapp no número (16) 99165-9340.

“Já estou ansiosa!”, diz.

Estudiosa e admiradora

Andréa se apaixonou de vez pelo grafite quando visitou o Beco do Batman, na Vila Madalena, em São Paulo.

O espaço é uma galeria de arte à céu aberto e atrai turistas do mundo todo.

“Foi ali que entendi os bastidores do grafite, a maneira como os grafiteiros se comunicam, multiplicam sua arte e desenvolvem seu estilo, e também a evolução dessa linguagem ao longo da história e seu significado social. Depois acompanhei alguns documentários sobre arte de rua pelo mundo… Enfim, gosto muito!”

Antes disso, Andréa já tinha experimentado outras formas de arte, como aulas música, canto e teatro, e agora incentiva sua filha para também admirar inúmeros tantos talentos.

“Quando viajo, visito galerias e museus, e meus olhos estão sempre atentos aos muros pra fotografar as artes que me encantam. Minha filha está indo pelo mesmo caminho”.

LEIA TAMBÉM

+ Veja como está ficando a exposição a céu aberto no Sesc de Araraquara!

+ Artista cria mural para distribuição de máscaras em Araraquara!

+ Artista de Araraquara homenageia importantes líderes negros em mural



Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *