Novidades

Professora de Araraquara fica em 1º lugar em concurso de dança nacional!

Como prêmio, Maah Cayres foi convidada a participar de um evento na Argentina, que será realizado em 2021

professora de araraquara dança concurso

Foto: Reprodução/Facebook

O último final de semana foi de muita vitória para Maah Cayres, professora de Araraquara. Ela, que começou a dançar aos 16 anos, ficou em primeiro lugar no concurso Dancers Life, realizado de forma online por conta da pandemia.

Maah venceu candidatos do Brasil todo e provou como a dança pode mudar vidas!

Isso porque ela só começou a dançar, após um período em que esteve com depressão e assim, viu o quanto a arte pode nos ajudar nos momentos mais difíceis.

Hoje, além de ser sua paixão, a dança também é sua profissão: Maah é professora de dança no Núcleo de Formação da Casa da Cultura, além de ministrar cursos e participar de eventos.

Em entrevista ao Comunica Araraquara, Maah falou sobre sua trajetória na dança e a sensação de ganhar um concurso tão importante.

Confira!

professora de araraquara dança concurso

Foto: Luan Oliveira

Como funcionou o concurso?

A primeira fase foi a de aprovação dos participantes. Foi necessário enviar para análise um vídeo da coreografia que iríamos dançar. O meu vídeo foi aprovado e assim, segui para a fase final, que aconteceu ao vivo em uma Live no Instagram. Nos dois dias de evento foram mais de 100 participantes, de diversos lugares do Brasil.

E era um concurso de dança em geral ou focado em dança do ventre?

O concurso abrange vários tipos de dança, como Ballet, Jazz, Contemporâneo, Danças Urbanas etc. No sábado (25) ocorreu só as competições de Dança do Ventre, com várias categorias (infantil, juvenil, amador, dupla e profissional), e no domingo, aconteceu as demais modalidades.

professora de araraquara dança concurso

Foto: Reprodução/Facebook

Qual será o prêmio?

O prêmio em primeiro lugar da categoria Profissional me deu direito a um curso de Técnicas de Quadril e um DVD didático da Professora Andrea Gaia, além de desconto em um curso de sinuosos da Bailarina Hanna Aisha e a isenção da inscrição do Dancers Life presencial 2021. Também fui contemplada pelo profissional Well Oliveira para participar do CIAD Buenos Aires, um grande evento de Dança do Ventre que acontecerá na Argentina em 2021.

Foi a primeira vez que você participou de um concurso online? Como foi a experiência?

Online sim, já havia participado de alguns concursos presenciais, mas essa é uma experiência completamente diferente! Acredito que participar de um concurso em si já é muito grandioso pra nós bailarinas, devido aos feedbacks dos jurados e como podemos evoluir sempre a nossa dança. A questão do online foi novo para a maioria dos participantes, mas foi muito interessante ver os comentários e as interações das pessoas que acompanharam, e como isso de certa forma nos aproximou de pessoas que moram longe e talvez não teriam a mesma oportunidade de nos assistir se o concurso fosse presencial. Também pude conhecer o trabalho de muitos artistas talentosos que concorreram, trocamos mensagens e fizemos novas amizades – até digo que o chat das redes sociais virou o nosso novo camarim! (risos).

professora de araraquara dança concurso

Foto: Reprodução/Facebook

E esse concurso foi online por conta da pandemia? Era para ele ser presencial?

Sim, o evento é presencial e acontece já há quatro anos em Uberaba, Minas Gerais. Devido à pandemia, criaram esse formato virtual que deu certo e tenho certeza que será uma inspiração para outros eventos que virão a acontecer nesse momento.

Qual a emoção de ficar em primeiro lugar?

É difícil explicar a emoção em palavras! Fiquei extremamente feliz e realizada em saber que todo o meu esforço, dedicação e investimento estão me trazendo bons frutos. Tenho a sorte de ter ao meu lado uma mãe que sempre me apoia e me incentiva, assim como a minha família e amigos. Receber esse retorno deles foi o que me deixou ainda mais feliz pelo prêmio.

professora de araraquara dança concurso

Foto: Reprodução/Facebook

E há quanto tempo você dança a Dança do Ventre? E como foi o começo? Como descobriu a paixão?

Comecei a dançar com 16 anos (no final do ano completarei 6 anos de dança). A Dança do Ventre veio em um momento muito difícil da minha vida, o qual eu enfrentava uma profunda depressão e muitos problemas relacionados a isso. Então, primeiramente, a dança me trouxe autoestima e autoaceitação, uma grande ajuda para mim e muitas outras mulheres que passam pelo mesmo, uma forma de lidar com os meus próprios sentimentos. Com o tempo, decidi transformar esse hobby em profissão, fiz muitos cursos em São Paulo e outros lugares do Brasil, o que me trouxe uma direção de como eu continuaria seguindo com essa arte.

Você vive da dança do ventre hoje?

Hoje em dia estou vivendo da dança, dos eventos e aulas regulares que ministro. Em março desse ano, comecei a dar aulas no Núcleo de Formação da Casa da Cultura, mas infelizmente devido a pandemia isso foi interrompido. Atualmente dou aulas online, e posso dizer que também é uma experiência muito diferente, porém interessante. Para mim, dar aulas é a oportunidade de transformar a vida de outras pessoas, assim como a minha foi transformada, principalmente no momento em que estamos vivendo.

professora de araraquara dança concurso

Foto: Odair Odm

O que sente quando está dançando?

Eu me sinto inteira. É o momento em que me sinto empoderada, a melhor versão de mim mesma. A minha dança tem muita ligação ao teatro, curso no qual acabei de me formar no Senac Araraquara. Acredito que as artes se complementam. Gosto de trazer sensações ao público e inspirar pessoas. A mensagem que eu tento sempre passar é a que todos podem realizar qualquer coisa se houver amor e dedicação.

E você vai participar de algum outro concurso online?

Sim, com certeza! Inclusive já estou com outros concursos em mente que participarei em breve. Sobre concursos, acredito que mais do que ganhar, nós como artistas devemos passar uma mensagem.
Dançar já é uma vitória. Para todos que pretendem participar de um concurso, vá pela experiência, pelo crescimento, e não por resultados. Isso te tornará um grande profissional.

LEIA TAMBÉM

+ Entrevista: Professora de Araraquara é nota 10!

+ Araraquarense é escolhida para ser professora de dança de quadro no Faustão

+ Após projeto social, araraquarense vira bailarina do Faustão e ganha diversos prêmios



Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *